Como evitar a instalação de programas indesejados no seu computador!

programasOs famosos PUPs?

PUP é a sigla para “Potentially Unwanted Program”, na tradução “Software Potencialmente Indesejado”.

São programas que são instalados na sua máquina sem você saber, através de outros programas eles se instalam. São exemplos de PUPs  Baidu, HAO123, Mobogenie, etc, entre centenas de outros.

Após a instalação de um PUP no seu computador, diversos problemas podem aparecer, como: página inicial e preferências de buscas dos seus navegadores alteradas, programas inicializam com o Windows, mostrando que o computador tem diversos problemas a serem corrigidos, ao navegar na internet, são abertas uma ou mais páginas não solicitas, além propagandas em todos os cantos do navegador, surgem falsas mensagens que você precisa instalar um falso plugin para visualizar o conteúdo da página, entre outros muitos problemáticos, como não você não poder navegar na internet, e por aí vai.

Para evitar, primeiro tem que se instalar os programas de forma personalizada no português, ou Custom em inglês, quando se tratar de programas estrangeiro, além de programas que ajudam, como o Unchecky, o mais usado aqui no Brasil. Depois de instalado, ele fica ativo como um serviço, assim, ele fica monitorando as instalações, toda vez que se instalar um programa que tiver um PUP, ele avisa, veja a imagem abaixo:

unchecky

O programa desmarca automaticamente as caixas de PUPs que vem marcada por padrão e caso algo passe sem ser visto, ele exibe um alerta, como na imagem acima.

Malware sendo usado para gerar Bitcoins ilegalmente!

bitcoins

Nunca é demais relembrar, em junho deste ano, Cibercriminosos desenvolveram um Malware para gerar bit coins, para quem não sabe o que é, (símbolo: ฿; abrev: BTC ou XBT) é uma criptomoeda e sistema de pagamento online baseado em protocolo de código aberto que é independente de qualquer autoridade central. Um bitcoin pode ser transferido por um computador ou Smartphone sem recurso a uma instituição financeira intermediária.

A ESET, fornecedora de soluções para segurança da informação, em junho passado, identificou uma nova ameaça virtual envolvendo mineração de Bitcoins e que está ativa desde 2013. A brecha usa computadores infectados por um Malware que gera esse tipo de moeda virtual. O malware por trás da campanha maliciosa está interligado a uma bonet — rede formada por centenas ou milhares de computadores infectados. Tem usado os dispositivos USBs, para propagar mais rapidamente. Segundo a ESET, tem havido um crescimento voltado para as ameaças virtuais, com intuito de atacar internautas brasileiros e da América Latina. E para evitar mais essa forma de ataque, é manter seu sistema operacional e de segurança atualizados, e evitar clicar em links desconhecidos e/ou abrir anexos de e-mails de destinatários não conhecidos.

Aprenda a remover vírus do pendrive!

pendrive

Pendrives, cartões de memória e HD’s externos são bem mais suscetíveis a infecção de vírus, pela sua característica móvel, ou seja, pode levar para onde quiser e colocar em computadores diferentes. Como eliminar vírus destes dispositivos!

Para isso, use seu sistema de segurança para verificar – coloque o pendrive, o cartão de memória ou o HD externo e no seu Anti-Vírus, localize a opção de escaneamento de mídia removível! lembrando, que muitos dos Anti-Vírus já lhe dá essa opção assim que o pendrive é colocado na máquina, ele lhe oferece a opção de varredura, faça sempre!

Torne o Google Map mais Produtivo!

Google Maps é o sistema de mapas e GPS mais popular atualmente. Muito usado para chegar em algum lugar desconhecido e/ou criar um plano de viagem. O Google Maps tem funcionalidades que fogem do método convencional de uso, e que você provavelmente desconhece ou nem imagina que existem. Portanto, vou mostrar algumas dicas úteis.Continue lendo

Estudo revela que 40% das empresas armazenam suas senhas em documentos do Word!

seguranca

Nunca é demais repetir o quanto é importante os usuários terem uma cultura de bons hábitos de segurança para no mínimo dificultar ou se evitar a perda e/ou roubo de seus dados e informações pessoais por cibercriminosos.

O mesmo alertar serve para as empresas, que tem que adotar medidas de segurança para os seu dados como os dos seus funcionários. Para as empresas o alerta ainda é mais urgente, já as pesquisas mostram não só o aumento dos ataques por cibercriminosos, como pior, a falta de políticas de armazenamento das senha de segurança em documentos do Notepad, Word e Excel, e para piorar, cerca de 50% de uma pesquisa disseram permitir prestadores de serviços acessar suas redes internas. Isso se torna muito temerário a situação de segurança, e mostra um cenário em que as empresas falham de forma escabrosa quanto à segurança do seu ativo digital.

Mitos e verdades sobre baterias de celulares e notebooks!

bateria

1) Mito ou Verdade? que a bateria tem que carregar pelo menos doze horas para aumentar sua vida útil?

As baterias de níquel-cádmio, que são as antigas, VERDADE! já as atuais que são de lítio e de níquel-hidreto metálico, MITO.

2) Mito ou Verdade? que as bateria atuais tem que está descarregada para então carregá-la novamente?

É Mito! porque são de polímero de íon de lítio.

3) Mito ou Verdade? A vida útil de uma bateria se mede em meses e anos?

Mito! se mede em ciclos – Os fabricantes garante que a bateria pode retem em média 80% de sua capacidade após um cliclo de 400 completos, após isso, começa a diminuir. Quanto menos ciclos de carga e descarga, mais tempo dura a bateria.

4) Mito ou Verdade? O calor prejudica a retenção de carga da bateria?

VERDADE! O calor é inimigo de muitas coisas, com a bateria não é diferente – Dito isso, mantenha seu celular e/ou notebook em ambientes com no máximo 30 graus de temperatura, nunca deixe em lugares quentes mesmo desligado, em cima de cama, estofado, etc. Esses procedimentos trará um vida útil mais longa da bateria.

5) Mito ou Verdade? Sempre tem que carregar até chegar a 100%?

MITO! As baterias atuais que são fabricadas com tecnologia de polímero de íon de lítio, que não precisa completar ciclos de carga e descarga. Por isso, pode-se desconectá-la da tomada antes de estar 100% carregada. Lembrando que a bateria perde o poder de carga durante o tempo.